Liderança Partidária

A Liderança é o órgão administrativo de consultoria, assessoramento e prestação de serviços à bancada dos deputados federais do partido NOVO.

Composta por uma equipe multidisciplinar de assessores selecionados, a Liderança está organizada da seguinte forma:

Estrutura e Equipe

Líder e Vice-líderes

A atividade exercida por um deputado federal na função de líder partidário é parte essencial do processo legislativo. Além de nortear a discussão e a votação de propostas, os líderes acumulam uma série de atribuições importantes, principalmente ligadas à articulação política e ao trabalho de unificação do discurso partidário.

Durante as votações, cabe ao líder expressar a opinião do partido. Ele também participa do colégio de líderes – órgão que, entre outras atribuições, define a pauta de votações do Plenário.

No Plenário, cabe ao líder:

  • orientar a bancada quanto ao voto;
  • falar pela bancada no período destinado às comunicações das lideranças;
  • inscrever integrantes da bancada no horário destinado às comunicações parlamentares.
  • solicitar a votação em globo de destaques;
  • solicitar a dispensa da discussão de matérias que tenham parecer favorável de todas as comissões;
  • solicitar o adiamento da discussão e da votação de um projeto;
  • registrar candidatos para concorrer a cargos da Mesa Diretora.

Chefia de Gabinete

A Chefia de Gabinete coordena atividades de toda a equipe da Liderança Partidária, dirigindo, controlando, supervisionando, planejando e orientando a execução das atividades de assessoria, assistência e apoio à bancada dos deputados federais do Partido NOVO.

Diretoria Legislativa

Cabe à Diretoria Legislativa prestar assessoria integral aos deputados federais do Partido NOVO, visando fornecimento de suporte técnico e regimental as suas ações, bem como produzindo pareceres escritos sobre a formalidade, o mérito das discussões legislativas e o alinhamento com a ideologia liberal do partido.

Possui 3 coordenações temáticas: Coordenação Técnico-Legislativo; Coordenação de Comissões e Coordenação de Plenário.

Coordenação Técnica

Dividida em 7 áreas temáticas aptas a subsidiar tecnicamente todas as fases do processo legislativo e da atividade parlamentar legiferante.

Os assessores, sempre que demandados, elaboram estudos, notas técnicas, minutas de proposições e pareceres, relatórios, entre outros trabalhos. Os assessores técnicos podem, ainda, propor opções para a ação parlamentar sempre que a matéria, objeto da solicitação de trabalho, apresente óbice de natureza constitucional, jurídica, legal, regimental, técnica, financeira ou orçamentária.

Coordenação de Comissões

A Coordenação de Comissões é responsável por analisar as pautas de todas as comissões em funcionamento, avaliando a relevância das proposições sujeitas a apreciação e propondo estratégias regimentais e políticas para acelerar ou dificultar sua tramitação.

É também competência da Coordenação de Comissões o acompanhamento das reuniões deliberativas e de audiência pública realizadas por todas as comissões.

Esse acompanhamento presencial garante rápido atendimento às demandas dos deputados do NOVO, contribuindo para uma atuação técnica, precisa e eficiente.

Coordenação de Plenário

A Coordenação de Plenário é órgão responsável pela assessoria legislativa do Líder, Vice-Líderes e demais deputados do NOVO, sendo responsável por estudar a pauta de todas as sessões deliberativas e auxiliar a assessoria técnica a fixar o posicionamento técnico-jurídico da Liderança, para para que este seja levado à bancada e que, após discutido, sirva de base para o posicionamento político do Partido em plenário.

Durante as sessões, cabe à Coordenação formular requerimentos procedimentais e de obstrução, emendas, destaques, questões de ordem e aconselhar os membros da bancada acerca dos mecanismos regimentais, legais e constitucionais com vistas a auxiliar o NOVO a garantir ao máximo o princípio da representação política legítima e da participação popular no processo legislativo e na tomada de outras decisões políticas.

Diretoria de Operações

A Diretoria de Operações é composta pelas Coordenadorias de Gente e Gestão, Comunicação e Tecnologia da Informação.

Adotando o conceito de Centro de Serviços Compartilhados (CSC), a Liderança do NOVO traz para a Câmara as melhores práticas de gestão do mercado: através de um catálogo de serviços, as equipes dos gabinetes e da própria Liderança podem solicitar serviços de comunicação e de gestão.

Além disso, mapeamento de processos; implantação de novas tecnologias; desenvolvimento de Planejamento Estratégico, objetivos e metas claras do time e individuais; comunicação eficiente e capacitação da equipe.

A Diretoria trabalha para que parlamentares e toda a assessoria do NOVO coloquem o debate técnico em outro patamar dentro da Câmara dos Deputados.

Coordenação de Comunicação

A atuação da Coordenação de Comunicação se baseia em comunicar de forma integrada ações dos deputados do NOVO, tornando a bancada referência para eleitores e imprensa.

Além disso, atua para atender com satisfação solicitações do Centro de Serviços Compartilhados (CSC), como cobertura fotográfica, captação e edição de vídeos, elaboração de material gráfico e publicações para redes sociais;

Todas as ações seguem o princípio de conquistar eleitores e formadores de opinião de forma ampla, para que esses possam aderir às proposições legislativas importantes para o Brasil, formando opinião pública favorável ao Partido e suas propostas na Câmara;

Coordenação de Gente e Gestão

A Coordenação de Gente e Gestão é uma área criada e pensada para auxiliar no alcance da excelência, por meio da implementação de ferramentas de gestão, estas, pouco utilizadas por partidos políticos, e pela aproximação e recrutamento de talentos e profissionais de alto nível, empenhados na construção de um modelo de gestão referência.

Coordenação de Tecnologia

A Coordenação de Tecnologia realiza atividades estratégicas de planejamento e executivas relacionadas à Inovação e Tecnologia da Informação, visando prover soluções de tecnologia da informação para apoio ao processo legislativo e à atuação parlamentar da Bancada e Liderança;

Diretoria de Relações Institucionais

A Diretoria de Relações Institucionais é responsável pela representação dos deputados federais da bancada do NOVO em agendas governamentais e institucionais (audiências, comitês, reuniões de relacionamento, participação em associações e instituições).

É também responsável pela implementação de processo estruturado para gestão de relacionamento, de forma integrada, com riscos e oportunidades e gestão de temas críticos, além de participação na elaboração da estratégia da atuação legislativa.

É um dos canais de comunicação dos parlamentares com o governo, ministérios, sociedade civil e demais stakeholders envolvidos nas grandes áreas de atuação da bancada do NOVO.

Diretoria de Fiscalização

O NOVO é a única Liderança que possui uma diretoria específica para concretizar a função inerente ao legislativo e que, na maioria das vezes, é negligenciada: a Fiscalização.

A Diretoria de Fiscalização irá fiscalizar políticas públicas, como: programas de governo e projetos; políticas públicas stricto sensu; atuação governamental (Servidores, Contratos, Convênios, Órgãos) e gastos dos três poderes.

Processo Seletivo

Acreditamos que o principal fator de sucesso de uma organização é uma forte cultura de resultados, aliada ao alto comprometimento e qualidade das pessoas que compõem o time. Por isso, nos dedicamos para trazer as melhores pessoas para a equipe da Liderança.

Numa iniciativa inédita de transparência e para termos os melhores no time, o NOVO inovou ao promover processo seletivo para preenchimentos dos cargos na Liderança do Partido na Câmara dos Deputados, de forma a permitir que todos os interessados pudessem se candidatar para serem avaliados de forma isenta, levando em consideração somente a capacidade de cada um.

A seleção dos candidatos foi realizada em escala nacional, em busca de profissionais alinhados com a renovação do quadro político de 2019.

Até o 1º semestre de 2019, nossa equipe conta com 24 colaboradores, sendo 50% oriundos do setor privado e 50% do setor público, com média de idade de 33 anos e com representantes de todas as regiões do Brasil.

Os requisitos básicos para preenchimento das vagas foram:

  • Vontade de atuar na área pública;
  • Habilidade para alcançar resultados trabalhando em equipe;
  • Ser “ficha limpa”;

Ter um gabinete técnico, sem indicações políticas, é uma das bandeiras do Partido NOVO.

Inscritos

12.179

Entrevistados

191

Selecionados

23